O AZEVEDO DAS FORÇAS
 


João Joaquim de Azevedo, mais conhecido por Azevedo das Forças, nasceu na freguesia de São Pedro de Ponta Delgada, ilha de São Miguel, Açores, a 26 de Junho de 1880. Filho de José Joaquim de Azevedo, guarda-fiscal e de Maria da Boa Nova, domestica.
João Joaquim de Azevedo exerceu várias profissões, foi marceneiro, merceeiro, barman, professor de ginástica, empregado fabril, carpinteiro e até polícia.
No entanto veria a notabilizar-se como artista circense. Percorreu vários países da Europa, América do Norte e do Sul.
Durante décadas viveu acarinhado pelas multidões entusiastas perante os seus trabalhos
e dos seus triunfos. Ganhou fortunas.
Uma doença cardiovascular que o inutilizou para o resto da vida acabaria com os seus sonhos e levou-o à miséria.
Sem recurso económico para se tratar ou alimentar, João Joaquim de Azevedo viveria o resto dos seus dias da caridade dos seus admiradores e amigos.
Frequentemente recorreu-se do auxílio que o jornal Diário dos Açores lhe prestava.
O artista que ganhou fortunas a fazer aquilo que mais gostava faleceu a 14 de Abril de 1944, no hospital de Ponta Delgada.